Horta à Porta: agricultura biológica acessível a quem queira praticar

Conhece o projeto Horta à Porta? Desde 2005 a Câmara Municipal de Matosinhos disponibiliza pequenos terrenos para cultivo a quem queira praticar a agricultura biológica. Este incrível projeto só tem vindo a crescer desde então. Primeiramente foi aberta a horta em Custóias, com 34 talhões. Atualmente, há hortas disponíveis em outros dez espaços diferentes, e contam com dezenas de talhões para cultivo. Que tal ir além das plantas que tem em casa, e cultivar uma produtiva horta biológica?

Como funciona o Projeto Horta à Porta

Os talhões, que tem em média 25m², são distribuídos entre os munícipes inscritos no projeto. Contudo, os munícipes têm por obrigação manter a horta cuidada e aplicar conhecimentos de agricultura biológica.

Se gosta da ideia de cultivar uma horta mas não tem conhecimento sobre agricultura biológica, não se preocupe, pois quem recebe os talhões tem direito a formação em agricultura biológica (para amadores).

É importante ressaltar que toda a produção da Horta à Porta é para consumo próprio. É disponibilizada água e local para armazenamento das ferramentas. Além disso, ainda é disponibilizado um compostor comum. Para quem quiser participar, a pré-inscrição no projeto poderá ser feita através da Loja do Munícipe.

Pontos fortes do projeto

O contacto com a natureza, os hábitos saudáveis, e a diminuição de resíduos, são certamente alguns dos pontos fortes da Horta à Porta. Outro ponto importante é que na agricultura biológica não são utilizados inseticidas ou fertilizantes químicos. Dessa forma cria-se um ecossistema mais equilibrado e saudável.

Este projeto resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Matosinhos e a Lipor (Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto).

Localização e tamanho das Hortas

Horta de Custóias
Rua Alto do Monte (junto à EB 2,3 Teixeira Lopes) – 34 talhões

Horta de Leça da Palmeira
Rua Bartolomeu Dias (junto à Escola Secundária de Leça da Palmeira) – 21 talhões

Horta da Senhora da Hora
Rua Augusto Fuschini, 40 (junto à Escola Secundária da Senhora da Hora) – 45 talhões

Horta de Leça do Balio
Rua D. Frei Rodrigo da Cunha s/n – 22 talhões

Horta de Guifões
Avenida Joaquim Neves dos Santos 1110 b (Conjunto habitacional de Sendim) – 14 talhões

Horta do Parque das Austrálias
Gaveto da Rua Nossa Senhora da Guia com a Rua Santo Estevão – 36 talhões

Horta de Picoutos I
Rua da Mainça (São Mamede Infesta) – 36 talhões

Horta de Picoutos II
Parque Ambiental de Picoutos (São Mamede Infesta) – 72 talhões

Horta de Picoutos II (Parte Social)
Parque Ambiental de Picoutos (São Mamede Infesta) – 9 talhões

Fontes: CM Matosinhos e away.iol.pt


Contudo. Entretanto. Além disso. Mas. Sendo assim. Decerto. Portanto. Enfim.


Sandra Foto

Precisa de ajuda para comprar ou vender uma casa?
Agende uma conversa!
Sandra Mendes – Agente Imobiliária
📲(+351) 915 111 442 (WhatsApp)
📩 sandra@sandramendeshouses.com

close

Inscreva-se na nossa Newsletter para receber todas as nossas novidades no seu email!

* Ao subscrever-se você concorda com a recolha e tratamento dos seus dados pessoais para envio de e-mails.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *